Quem sou eu

Minha foto
BELO JARDIM, NE/Pernambuco, Brazil
"... O sonho pelo qual brigo, exige que eu invente em mim a coragem de lutar ao lado da coragem de amar..." Paulo Freire Educador pernambucano

quarta-feira, 24 de junho de 2009

JANELA JUNINA





Ao contrário de outras cidades vizinhas( a exemplo de Sanharó, Arcoverde...) A prefeitura de Belo Jardim há muitos anos - ao invés de incentivar as festas populares e com isso atrair turistar e consequentemente gerar emprego e renda - simplesmente fecha os olhos, incentivo kkkk Este ano a cidade contou com um concurso de safoneiro apoiado pela Fundarpe, agora pasmem (li isso num blogue): Não houve 2º lugar - Foram dois primeiros lugares e um terceiro. E ainda tivemos concurso da rua mais ornamentada.

Duas boas iniciativas, porém, pífias em se tratanto de Belo Jardim, a Terra de Redenção/Marocas etc.

O nosso apelo agora e que a Prefeitura junte as Secretarias competentes, busque apoio nos órgão estaduais e federal para dar uma repaginada na Festa de Redenção, até porque, tramita na Assembléia Legislativa um Projeto do Deputado Augusto Coutinho para transformar a Festa de Redenção em Patrimônio Cultural e imaterial da cidade. Agora só falta fazer juz ao apelo do deputado!

Aqui vai uma sugestão: Patrocínio da Prefeitura ao GRUPO CULTURAL BOI DA GENTE que é coordenado pelo artista plástico Adones Valença. Há 3 anos esse grupo abrilhanta as nossas festa e representa Belo Jardim no Encontro de Bois de Olinda.

Nós, o povo, estamos fazendo a nossa parte: Vendendo rifas e arrecadando doações para o Boi está na Rua na Festa de Redenção.

Parte da organização a cidade tem, porém precisando de apoio o ano inteiro:

Bandas de Pífano
Sanfoneiros de ótima qualidade (é só ver o resultado do concurso)
Sem contar que é aqui, a Terra dos Músicos (faltando apoio financeiro as bandas e facilitar nosso músicos se increverem na Ordem dos Músicos - mas não deixa de ser)


"Se não tivermos presente a tradição histórica, seremos como selvagens modernos na selva da cidade."
(Jostein Gaarder)

Um comentário:

Anderson A Morais disse...

Concordo com você. Porém na atual gestão estamos vendo pelo menos alguma movimentação nessa área. Creio que a Secretaria de Cultura e Paisagismo deveria deixar de lado as praças e ir ao encontro dessas necessidades que clamam há um bom tempo por ajuda e por sorte !!!
Parabéns pelo Blog !!!!