Quem sou eu

Minha foto
BELO JARDIM, NE/Pernambuco, Brazil
"... O sonho pelo qual brigo, exige que eu invente em mim a coragem de lutar ao lado da coragem de amar..." Paulo Freire Educador pernambucano

quinta-feira, 21 de novembro de 2013

22 de novembro: Centenário do Mestre Ulisses!

imagem retirada do sociedadeculturamusical.wordpresse.com


Existe alguém, cuja emoção nunca termina,
Que traz, na alma, o tom da sensibilidade,
Que é tão amigo, que enaltece a lealdade,
E tem, na música, a razão da sua sina.
Um homem feito de harmonia e disciplina,
Moldado em arte, em plena musicalidade,
Mestre em passar lições de virtuosidade,
Que apenas Deus sabe escolher quem é que ensina.
Foi Mestre Ulisses, quem me fez sentir que a vida,
É infinita entre o bemol e o sustenido,
E a dor sucumbe ante os acordes da canção.
Quando a alegria de viver se vir perdida,
Hei de sentir seu solfejar, por Deus, regido,
Tocar-me as cordas do incontido coração.
_________
Lamartine Passos
São José do Egito, 15/04/2007
____________________



Há cem anos nascia aquele que seria o responsável pela formação de centenas de músicos da nossa cidade! Nascia Ulisses de Souza Lima!

O nosso Mestre Ulisses, deixou esse plano, aos 97 anos, em 2010!

Nasceu em São Jão do Cariri em 22/11/1913. Sua infância e adolescência foi vivida na cidade do Brejo da Madre Deus, e, aos 22 anos, já regente de banda, mudou-se para a cidade de São José do Egito, onde esteve a frente da Banda Santa Cecília.

Foi em São José, que o maestro começou sua história de compositor, são mais de 300 composições: dobrados, marchas, valsas, frevos, cirandas e maracatus... ao longo de sua vida.

Foi regente também na cidade de Sertânia, e, em 1942 iniciou suas atividades aqui na nossa cidade. Por mais de 60 anos dirigiu a Sociedade de Cultura Musical, e, paralelo a isso, foi também professor de música da Escola Agrotécnica Federal, hoje, IFPE e de várias escolas da rede estadual de ensino.


Hoje, na Terra dos Músicos as comemorações do centenário desse grande Músico estão (será?) sendo tímidas, discretas... nos desculpe, Professor Ulisses!

Por toda a sua dedicação à música
 e aos músicos da minha cidade,
o meu muito obrigada!



"Uma cidade sem memória e sem história é um abismo de simulacros e referências artificiais"
(Antonio Luiz Andrade - Artista Plástico)








  

Um comentário:

Arlindo Silva disse...

Mestre Ulisses de Souza Lima,
Patrimônio Artístico e Cultural de Belo Jardim PE